Etiqueta:

dia dos namorados

Hoje celebra-se o dia mais romântico do ano e sendo este um dia que pede, por definição, uma celebração ao amor, a Too Good To Go apresenta-nos a campanha Food Dates, porque o amor pela comida também merece toda a nossa atenção e destaque.

Nem todos os pares são perfeitos à primeira vista, mas isso não quer dizer que não possam resultar numa bela história de amor. Para celebrar o Dia dos Namorados, a Too Good To Go decidiu dar destaque a matches “imperfeitos” que mostram que mesmo os ingredientes mais improváveis podem dar uma excelente receita.

‘Food Dates’ é um aceno culinário aos formatos de dating shows. Mas, desta vez, são os alimentos que procuram o amor verdadeiro, a outra metade, o ingrediente complementar que os vai transformar no par, ou melhor numa receita deliciosa, evitando o desperdício.
A campanha apresenta-nos através de 3 videos, 3 receitas que são o resultado da união de duplas de alimentos improváveis, e desafia os utilizadores a encontrar outros pares imperfeitos que resultem em receitas deliciosas.

Em ‘Food Dates’ a moral da história desafia-nos a aceitar as “imperfeições” abrindo a possibilidade para encontrarmos os ingredientes certos, para uma receita inesperada, mas deliciosa.

Com o desperdício de alimentos a ser responsável pela emissão de já 10% de todos os gases GEE, todas as quantidades de alimentos que podemos salvar, contam, por mais reduzidas que sejam.

Água, solo e eletricidade, são inúmeros os recursos necessários para produzir comida suficiente para alimentar milhares de milhões de pessoas. Ainda assim, em todo o mundo, e segundo dados do estudo da WWF & Tesco de 2021, já desperdiçamos 2.5 mil milhões de toneladas de comida por ano. Isto significa que mais de ⅓ da comida mundial é desperdiçada. Só em Portugal são desperdiçados cerca de 1 milhão de toneladas de alimentos por ano. O impacto ambiental é portanto muito maior do que deveria ser. Ao combater o desperdício alimentar, podemos reduzir a procura global por alimentos, utilizando assim menos recursos e reduzindo as emissões globais de gases com efeito de estufa.

subscrever newsletter

72 visualizações

Sob o mote “este São Valentim somos 3: eu, tu e o Planeta  Terra”, a Cash Converters, marca líder de economia circular, incentiva o consumo responsável  no dia mais romântico do ano e lança uma nova coleção de joias sustentáveis feitas com ouro  reciclado, para surpreender aquela pessoa especial e tornar o ambiente parte da equação do  amor.  

Desenhadas e produzidas com cuidado no Parque dos Joalheiros em Córdova, em Espanha, por  joalheiros artesãos responsáveis por recondicionar cada jóia, na nova linha de joalharia feita  especialmente para o dia do amor, não faltam opções: desde os colares até aos brincos,  passando pelas pulseiras, abrilhantadas ou com pequenas pedras preciosas, são várias as peças  com motivos românticos para todos os gostos e carteiras, que prometem deslumbrar e aquecer corações. As joias, feitas em ouro de 18 quilates, têm preços desde os 59 euros (pendente) até  aos 175 euros (anel com corações). 

Cada peça é feita a partir de ouro derretido proveniente de joias antigas e peças usadas, para  produzir, de forma justa, peças novas, sofisticadas e de alta qualidade. Desta forma, a Cash  Converters permite evitar a extração de metais precisos da natureza e promover uma poupança  na ordem dos 50% na compra de ouro. 

Paulo Vasconcelos Freitas, porta-voz da Cash Converters em Portugal, afirma No dia do amor  todos queremos oferecer o presente perfeito, mas muitas vezes o presente perfeito para o  nosso par é um presente envenenado para o ambiente. Como tal, este ano, queremos que os  mais românticos levem a preocupação pelo ambiente para os seus encontros de Dia dos  Namorados e oferecem presentes que surpreendam e sejam ao mesmo tempo ambientalmente  responsáveis”. 

O mote desta campanha surge alinhado com o #MovimentoConverters lançado em Portugal no  segundo semestre do ano passado e que tem como objetivo promover o consumo mais  responsável e inteligente. 

subscrever newsletter

33 visualizações