Etiqueta:

Hilbea

A CEO da Hilbea, Marta Teixeira, dá-nos a conhcer o contributo da marca para a sustentabilidade do planeta e como aliar este propósito a uma linha de roupa de alta qualidade, confortável e colorida.

Como é que nasce a ideia da criação desta marca de roupa?

 A Hilbea nasceu de algo que eu gostava – a moda – e algo que aspirava ter – um impacto positivo no mundo.  E é isso que faz desta marca uma verdadeira marca, porque tudo o que faz é por amor.  É também por isso que, para a Hilbea, a moda vai além do estilo e das roupas bonitas. Moda é sentirmo-nos bem e fazermos o melhor possível – para nós mesmos, para os outros e para o nosso planeta. 

HILBEA – TRUST NATURE traz-nos um novo estilo de vida que reúne produtos de moda versáteis e descontraídos, com alta qualidade e concebidos de acordo com as melhores práticas ambientais. A nossa missão é criar peças únicas de loungewear, cuja energia é proveniente de suas cores vivas, que farão os nossos clientes sentirem-se confiantes ao usar os nossos designs confortáveis e de alta qualidade. Como defendemos na HILBEA, moda significa sentirmo-nos bem com nós próprios e dar o nosso melhor todos os dias: por nós, pelos outros e pelo nosso planeta.

 

A mente, o corpo e a terra são os 3 pilares da marca, porquê?

A nossa mente é o primeiro local onde surgem e se projetam as nossas ideias e o nosso modo de encarar o exterior. É da nossa mente que partem os nossos comportamentos, os quais, por sua vez, influenciam tudo aquilo que nos rodeia. Por essa razão, uma mente equilibrada e auto consciente é um elemento essencial para tornar melhores as nossas interações com os outros e com o nosso planeta.

O nosso corpo é o primeiro ponto de consubstanciação daquilo que a nossa mente projeta e idealiza. Assim, o nosso corpo, enquanto meio de comunicação com o exterior, reflete no mundo a posição e a missão que cada um acredita ter nele.

A terra significa a nossa casa, não como um conjunto de quatro paredes onde cada um vive uma vida mais ou menos isolada, mas antes como um local comum que todos partilhamos, e que por essa razão se torna no bem que de todos nós, individual e conjuntamente, merece a maior proteção.

Em suma, a Hilbea, enquanto defensora do meio ambiente, pretende oferecer a possibilidade de, através da moda, todos se sentirem confiantes e conscientes para, desse modo, refletirem no planeta os nossos princípios. 

São uma marca 100% comprometida com a sustentabilidade. Como garantem este tipo de oferta aos clientes?

Na Hilbea trabalhamos com algodão 100% orgânico e toda a produção é realizada em Portugal respeitando as melhores práticas ambientais. O algodão orgânico não só é uma opção mais ecológica, mas também mais segura para a saúde e o bem-estar dos consumidores.

Tentamos eliminar ao máximo o desperdício envolvido na produção e removemos todos os materiais dispensáveis à produção e mantemos apenas os materiais chave, como moldes e sacos protetores, que são devidamente reciclados ou reutilizados.

A nossa fábrica parceira recicla todos os materiais envolvidos na produção, como papel, plástico e restos de tecidos. E todos os anos notifica o Ministério do Ambiente sobre as suas práticas e estatísticas de reciclagem. Além disso, possui certificação SMETA e GOTS, as quais analisam e avalia a promoção em termos éticos, saúde e segurança dos trabalhadores e medidas ambientais.

 

No vosso website, assumem-se uma “marca com propósito”, qual?

Como marca, acreditamos no nosso poder e responsabilidade no que toca a inspirar e construir uma comunidade que siga a nossa missão: contribuir para  a sustentabilidade e proteção do meio ambiente. Continuaremos a educar, espalhar informação e a encorajar ações acerca de tópicos que nos são queridos.

 

De que forma as roupas da Hilbea podem ser fontes de energia?

Na Hilbea, acreditamos que moda é mais do que usar roupa bonita ou com estilo. Moda também significa conforto, preocupação ambiental, propósito e, acima de tudo, moda significa sentimentos.

Não faz sentido usarmos peças de roupa com o propósito de alcançar uma imagem de algo que não somos. Na verdade, a roupa deve proporcionar-nos a oportunidade de expressar a nossa verdadeira essência.  É por isto, também, que criamos uma coleção baseada na Energia das Cores.

Alguns estudos mostraram que existe uma correlação entre cores e traços de personalidade. Isso significa que as nossas preferências de cores são uma expressão de quem somos e da energia que irradiamos. Deste modo, os nossos clientes poderão descobrir que cor melhor corresponde à sua personalidade e ao seu estado de espírito.

A Hilbea nasce no Porto, mas comercializa para o mundo inteiro. O que consideram ser a causa desse sucesso?

Na Hilbea, acreditamos que a versatilidade dos nossos produtos se enquadra com o propósito da marca: proteger e incentivar a proteção do nosso planeta. Por essa razão, o nosso alcance chega, sem barreiras geográficas, a todas as pessoas que partilham esta visão.

 

Fale-nos um pouco sobre o vosso mais recente produto, o perfume vegan.

Acreditamos que, a par do conforto e inspiração que os nossos produtos de moda oferecem através do seu design, materiais e modo de produção, também a criação de um aroma agradável, obtido através de um processo de desenvolvimento ecológico, permitirá aos nossos clientes alcançar um novo patamar de confiança pessoal: a utilização de um perfume agradável, com qualidade e ambientalmente consciente.

 

Quem quiser comprar Hilbea, onde pode fazê-lo?

Todos os nossos produtos estão disponíveis em www.hilbea.com.  

Marta Teixeira

Marta Teixeira nasceu no Porto, em 1997 e é licenciada em Direito pela Universidade Católica do Porto. Depois de um percurso numa empresa de organização de eventos, decidiu lançar a sua própria marca, a HILBEA. Gosta de ler e de criar, de passear e meditar na natureza, de forma a conectar-se consigo própria e a ter os seus próprios momentos. Atualmente, dedica-se totalmente ao desenvolvimento da HILBEA, um projeto que junta a moda e a proteção do meio ambiente, o que, na sua perspetiva, o torna cada vez mais apaixonante.

subscrever newsletter

47 visualizações