Etiqueta:

Iogurteira sustentável

O YogurtNest chegou para facilitar a vida de todas as famílias. É uma iogurteira multifunções, fácil de transportar e sustentável. E para além disso, é um produto Português!

Ana Jervis e Miguel Leal contaram-nos a origem daquela que acreditam ser a iogurteira mais sustentável do mundo, e explicaram-nos de que forma esta permite empoderar as famílias e diminuir o impacto negativo no Planeta.

Em que consiste o YogurtNest e como surgiu?

O YogurtNest é uma iogurteira natural não eléctrica e multifunções, portanto sem ficha eléctrica. É um produto Português, confeccionado no norte de Portugal, usando materiais naturais como cortiça e têxteis (algodão, lã, cânhamo, linho) recuperados de antigos armazéns Portugueses.

Além de iogurteira, tem as funções de estufa Slow Cooker, ninho para levedar a massa e mala térmica. Permite que as famílias poupem dinheiro, reduzam o seu impacte ambiental e se alimentem de forma mais saudável.

Recebeu o Prémio Novo Rumo a Norte 2018.

O YogurtNest é o produto dos nossos (Ana e Miguel) interesses pessoais e profissionais, sempre com o objetivo que criar ferramentas úteis que possam empoderar as famílias a viver de forma a gerar menos impacto no Planeta.

O YogurtNest criou uma Comunidade YogurNest crescente e está a mudar a forma como fazemos e consumimos iogurte. Já existem YogurtNest em lares nos 5 continentes, desde os EUA à Rússia, passando pela Austrália, Singapura, Malta ou Moçambique, entre muitos outros países. Costumamos dizer, na brincadeira, que o YogurtNest é a iogurteira mais sustentável do mundo e é Portuguesa. E, se calhar, não estamos muito longe da verdade!

O primeiro YogurtNest teve origem numa pequena colmeia de abelhas. Podem contar-nos um pouco sobre a sua história e evolução?

O YogurtNest nasceu do nosso envolvimento como fundadores de iniciativas Cidades em Transição (Transition Towns), que preconizam um decréscimo da dependência da cultura do petróleo e uma vida mais eco responsável, mas também do nosso interesse pela Apicultura Natural e defesa dos Polinizadores, como formadores e Educadores Ambientais.

Em 2011, o Miguel fez um post no blog de Paredes em Transição, a primeira iniciativa Portuguesa, sobre como fazer iogurte, pão, compota em casa, no âmbito da ideia do DIY e de empoderamento das famílias. Em resposta a uma questão de um leitor, sobre como fazer iogurte em casa, o Miguel deu-lhe as instruções que viriam a ser as de como fazer iogurte num YogurtNest. Como o leitor não respondeu, o Miguel testou esse método específico, e resultou! Para tal, usou uma pequena colmeia Warré, modelo usado em Apicultura Natural, da sua empresa de apicultura, a TimberBee. Inicialmente, o enchimento foi feito com serradura, um subproduto das serrações, com o objetivo de o reutilizar. Após ter derramado leite e percebido que a serradura não era lavável, mudou-se para a cortiça, um material natural Português, renovável, reutilizável, lavável e um excelente isolante térmico, exatamente como pretendíamos. Também se passou da colmeia para um saco, de forma a ser transportável e mais leve, pois não daria muito jeito andar com uma colmeia debaixo do braço!

E assim fomos testando e melhorando o modelo, sendo que atualmente temos 2 tamanhos, com ou sem asas e bolso exterior. O nosso objetivo sempre foi que este fosse confecionado em materiais naturais e nacionais, prático, funcional e acessível a todos, em qualquer parte do mundo.

 

Esta é uma iogurteira multifunções. Afinal, o que pode ser feito com o YogurtNest?

Podemos usar como iogurteira, para fazer iogurte lácteo, sem lactose, grego, líquido, aromatizado, com bebida vegetal caseira ou de compra.

Como estufa slow cooker para terminar de fazer pratos como arroz, massa, quinoa, vegetais, sopa, etc, poupando gás/electricidade e evitando que a comida queime no fundo. Podemos deixar a comida a terminar de fazer enquanto nos ausentamos de casa ou para os nossos familiares que chegam a seguir ou para levar a comida a fazer durante a viagem para o picnic.

Como ninho para levedar a massa, ajuda a manter a temperatura de fermentação, seja para a massa, mas também por exemplo para outros fermentados como kefir ou kombucha. Sabemos que também é usado para fermentar a tinta azul indigo.

Para manter a comida quente ou fria, como mala térmica, temos modelos com asas e bolsos, bastante práticos para o transporte, seja para as férias, praia ou picnic.

No vosso website admitem ter um compromisso sério para com o Planeta. Em que consiste na prática?

Para as matérias-primas escolhemos materiais de origem natural, como a cortiça e fibras têxteis naturais. Reutilizamos têxteis salvos de finais de coleções de empresas que já fecharam, bastante antigos, mas em perfeitas condições. Damos sempre primazia aos materiais nacionais e estamos em constante procura e teste de outras soluções de reaproveitamento em termos de materiais, seja pelo seu upcycling ou pela sua sustentabilidade ambiental e social.

É extremamente importante desenhar produtos cujas matérias-primas, no seu final de vida, possam ser reaproveitadas para novos produtos, como é aqui o caso, numa perspetiva de economia circular.

Os nossos fornecedores localizam-se preferencialmente num raio de 50km, com raras exceções, de forma a reduzir as emissões decorrentes dos transportes e a valorizar a economia local e nacional.

As nossas encomendas são enviadas para os revendedores e clientes em caixas de cartão reaproveitadas recolhidas do comércio local ou de cartão reciclado, fechadas com fita de papel FSC e cola de borracha natural sem solventes. Os manuais e etiquetas não contêm plásticos ou agrafos.

Fazemos doação a projetos de conservação da Natureza, através da iniciativa internacional 1% for the Planet, da qual fomos a primeira empresa Portuguesa a aderir.

Ao usar o YogurtNest, uma família de 4 pessoas que coma 1 iogurte diário, ao final de 1 ano, terá evitado cerca de 1500 embalagens plásticas de iogurte, além da poupança de gás ou electricidade a cozinhar. Para nós, este impacto da Comunidade YogurtNest também é importante.

Fazemos igualmente ações de limpeza de praia complementadas por sessões de Educação Ambiental.

 

O YogurtNest era fabricado na vossa garagem, e hoje é vendido para todo o mundo. Porque motivo consideram que as pessoas receberam tão bem este produto?

Os primeiros protótipos foram feitos na oficina da costureira, mas mais tarde fomos contando com mais costureiras para a sua confeção. Sabemos que o fazem com muita satisfação porque sabem que vai passar das suas mãos para as mãos de outra mulher ou família, onde lhes será muito útil.

O seu aspeto cativante, bonito e inusitado, para uma iogurteira, também terá contribuído para chamar a atenção, assim como o seu compromisso a nível ambiental e de poupança económica para as famílias. A facilidade de uso e polivalência, em qualquer lugar, permitiram que despertasse o interesse noutros países. Verificamos que os adultos e crianças gostam do iogurte que fazem em casa, até porque o podem personalizar, passando a preferir o gosto deste face ao comercial que comiam antes.

As pessoas desejam liberdade e poder de escolha para fazerem as suas opções alimentares e o YogurtNest dá-lhes precisamente isso, é uma nova forma de confecionar e consumir iogurte.

Sentem que a maioria dos vossos clientes chegam por serem sustentáveis ou pela multifuncionalidade e praticidade do YogurtNest?

Pensamos que chegam exatamente por essas razões e por se apaixonarem pelo produto e pelo estilo de vida que ele representa e lhes proporciona.

O YogurtNest é feito em Portugal com cortiça e tecidos naturais. Quais são as vantagens de utilizar estes materiais?

As matérias-primas naturais usadas permitem que no final de vida do produto, estas sejam transformadas em novos produtos, seja por upcycling ou reciclagem. A cortiça é aproveitada até ao pó e pode ser efetuada a reciclagem das fibras têxteis. As perdas são reduzidas ao mínimo, numa ótica de economia circular, e os materiais são também comportáveis e biodegradáveis, não constituindo materiais tóxicos para a saúde dos habitantes do Planeta.

 

Quem pretende adquirir um YogurtNest, onde o pode fazer?

Podem adquirir o YogurtNest e os nossos outros produtos na nossa loja online e nos nossos revendedores em Portugal, Espanha, França, Bélgica, Holanda e Reino Unido, listados no site. Os envios são efetuados via transportadora ou correios para todo o mundo.

Quais são os vossos planos para o futuro? Pensam lançar novos produtos assentes no mesmo compromisso?

Sim, exatamente. Temos vários ideias e estamos em fase de procura de fornecedores de matérias-primas, dentro desta linha de atuação, o que exige bastante investigação e tempo. Temos estado a testar alguns produtos, que esperamos divulgar em breve!

Estamos igualmente a tentar fazer chegar o YogurtNest a outros países, através de novos Revendedores e Distribuidores, pois verificamos que a quantidade de clientes de outros países que chega à nossa loja online é crescente. Deixamos aqui o repto para nos contactarem, caso estejam interessados!

Miguel Leal

Atraído pelo Mundo Natural desde cedo, a sua vida desenrolou-se entre Portugal e o Canadá. A sua preocupação com a sustentabilidade do Planeta levou-o a tornar-se biólogo e a aproveitar cada oportunidade para alargar os seus conhecimentos sobre como regenerar o Planeta. Foi assim que se tornou apicultor e criou a TimberBee, empresa onde nasceu o YogurtNest, resultado de todas estas experiências, sucesso e falhanços.

Ana Jervis

Formou-se em Ciências e trabalhou em Educação Ambiental, Biologia Marinha e Apicultura, onde conheceu e trabalha desde então com o Miguel. Tem contribuído na gestão de projetos ambientais na criação de movimentos cívicos e ambientais, o que lhe conferiu a oportunidade de criar uma iniciativa das Cidades em Transição e conhecer muitos outros projetos e pessoas, noutros países.

148 visualizações