Etiqueta:

Julio Delgado

O turismo e a arquitectura sustentável têm sido um excelente motor, em muitos momentos, de práticas que devem ser enaltecidas, para inspirar. Com isso em mente, fomos entrevistar Júlio Delgado, CEO do Ombria Resort, um empreendimento no Algarve pensado de raiz para a sustentabilidade do ecossistema e da  região, onde existirá aproveitamento da água das chuvas, um dos maiores sistemas de geotermia da Península Ibérica, um campo de golfe acreditado internacionalmente pelo respeito pelo ecossistema e onde se destacam os produtores algarvios nos serviços de suporte ao resort. Não perca.

Ombria Resort

Como se posiciona o Ombria Resort no mercado e qual o tipo de clientes que tem? Familiar? Individual? Portugueses? Estrangeiros?

A sustentabilidade é de facto a grande preocupação do Ombria Resort. A sustentabilidade e a preocupação com o meio ambiente são fatores-chave que estiveram presentes em cada fase do processo de desenvolvimento do projeto e continuarão a ser o fio condutor ao longo da construção e operação do Ombria Resort.

O princípio fundamental do projeto é que todo o espaço de terreno seja sustentável e respeite os valores ambientais através da implementação de um resort de alta qualidade (turístico e residencial) que seja atrativo tanto para proprietários como turistas/hóspedes.

O Resort cuja filosofia é “Carved by Nature” tem como prioridades a sustentabilidade, o meio ambiente e o apoio à natureza e património local e pretende ser um fator de desenvolvimento sustentável, de contribuição para a redução da sazonalidade no Algarve e de novas oportunidades para a população local.

Em relação ao tipo de clientes a procura vem sobretudo de clientes estrangeiros, mas também de portugueses.  Nesta altura de pandemia temos recebido muitos pedidos de informação por parte de Portugueses. Existe de facto uma procura crescente por propriedades rodeadas pela natureza ou com fácil acesso a amplos espaços verdes e ar puro, em resorts de baixa densidade de construção e localizados em zonas com boas acessibilidades mas afastadas dos grandes centros urbanos, onde os residentes se sintam em segurança do ponto de vista físico e sanitário. Outra tendência crescente é a procura por propriedades com dimensões maiores ou com mais divisões, com internet super-rápida e que permitem conciliar a vida familiar com o teletrabalho.

 

O pioneiro sistema geotérmico de baixa profundidade do resort utiliza a diferença entre a temperatura do ar e a temperatura estável do solo. Com ajuda de bombas de calor reversíveis, este sistema inovador gera energia renovável que é utilizada para controle climático de ambientes interiores

 

Existe uma maior preocupação dos turistas em relação à sustentabilidade? Notam que tal já é um fator que pesa na decisão de escolher um hotel?

Sim, a sustentabilidade é cada vez mais um fator chave na escolha de um local para investir ou para passar férias e o Ombria Resort é reconhecido pelas suas características ímpares em relação e este fator.

Trata-se de um projeto imobiliário e turístico que apresenta uma baixíssima densidade de construção, de apenas 3,5% da área total do empreendimento que se estende por 153 hectares, rodeado por uma paisagem serena e natural de colinas verdes, ribeiras e florestas de árvores exuberantes numa região do interior do Algarve de reduzida densidade populacional.

 

O Ombria Resort investiu milhões de euros num pioneiro sistema de geotermia superficial. Em que consiste este sistema? Quais os principais ganhos ao nível de eficiência energética?

O Ombria Resort encontra-se a investir cerca de 2 milhões de euros na instalação de um dos maiores sistemas de geotermia da Península Ibérica que estará concluído em finais de 2021.

Este inovador sistema irá responder às necessidades de aquecimento e arrefecimento interior, à produção de águas quentes sanitárias e ao aquecimento da água das piscinas do empreendimento turístico – que inclui o hotel de 5 estrelas Viceroy at Ombria Resort, 65 apartamentos turísticos para venda (Viceroy Residences), restaurantes, centro de conferências, o Clubhouse do campo de golfe, Spa, entre outras infraestruturas. Dada a sua dimensão, este é um projeto único e inovador no âmbito da utilização de bombas de calor geotérmico em Portugal.

O pioneiro sistema geotérmico de baixa profundidade do resort utiliza a diferença entre a temperatura do ar e a temperatura estável do solo. Com ajuda de bombas de calor reversíveis, este sistema inovador gera energia renovável que é utilizada para controle climático de ambientes interiores (aquecimento no inverno, arrefecimento no verão), fornecimento de água quente e aquecimento de piscinas, ao longo de todo o ano, com segurança e responsabilidade. As vantagens desta energia com fonte renovável, limpa e disponível 24 horas por dia, são significativas: baixas emissões de CO2, é completamente livre de riscos para a comunidade e permite reduzir os custos de energia para os proprietários dos apartamentos Viceroy Residences.

Devido à sua magnitude, o Ombria Resort já é uma referência nacional de aplicação deste tipo de geotermia como uma energia renovável, enquadrando-se nos desafios e metas europeias traçadas até 2030, que referem objetivos de aumento em 27% da eficiência energética e do consumo de energia com origem em fontes renováveis e uma redução em 40% dos gases com efeito de estufa.

 

Baseado nos princípios de arquitetura bioclimática, o design e arquitetura do Ombria Resort recorrem ao uso de elementos regionais de inspiração local e materiais naturais de origem local, levando a uma redução geral do consumo energético e da pegada ambiental.

 

Além disso, investiu também em arquitetura bioclimática, que permite por exemplo aproveitar as águas pluviais. Quais as vantagens deste tipo de arquitetura? Que outras aplicações tem?

Os princípios sustentáveis foram aplicados ao design do resort e a todas as caraterísticas dos edifícios encontrados no Ombria Resort.

A arquitetura bioclimática apresenta traços inovadores e tradicionais, permitindo que a energia seja conservada sempre que seja possível, recorrendo a métodos de construção algarvia antigos e materiais de origem local adaptados ao clima da região.

Este tipo de arquitetura permite que a energia seja conservada sempre que possível, com o calor ganho ou perdido através de materiais com baixos coeficientes de transferência de calor e saberes seculares para proteger do sol.

Baseado nos princípios de arquitetura bioclimática, o design e arquitetura do Ombria Resort recorrem ao uso de elementos regionais de inspiração local e materiais naturais de origem local, levando a uma redução geral do consumo energético e da pegada ambiental.

Ao considerar meticulosamente a gestão de água em todos os locais do Ombria Resort, minimizámos o consumo de água a par com o desenvolvimento de um sistema de bombeamento, que armazena e distribui as águas pluviais que serão substituídas de maneira orgânica.

A água da chuva recolhida será diretamente canalizada para um lago de armazenamento próximo ao buraco 18 do campo de golfe, utilizada para irrigação através de umas bombas energéticas eficientes, poupando cerca de 15% em água e eletricidade.

 

De acordo com a Forbes, só no ano passado foram parar ao oceano cerca de nove milhões de toneladas de plástico. Qual a política do Ombria resort em relação aos plásticos e à reciclagem?

A separação de resíduos será facilitada para todos os hóspedes, residentes e funcionários do Ombria, usando ecopontos e pontos de reciclagem disponíveis dentro e fora do resort – ajudando assim a promover uma cultura de reciclagem organizada.

 

Ombria Resort - Jardins

Os campos de golf são grandes consumidores de água, um recurso escasso. De que forma esta preocupação em preservar a água é levada em conta pelo Ombria resort?

Temos uma redução significativa da área de relva plantada (relativamente à média dos outros campos), mantivemos grande parte da flora autóctone nas áreas adjacentes aos fairways, escolhemos tipos de relva de acordo com as condições climatéricas e do terreno.

De maneira a proteger a biodiversidade existente, minimizamos o uso de recursos naturais e construímos em menos de um quarto da área total do resort, com a vista dos greens e fairways concebidas para se misturarem harmoniosamente com o ambiente que as rodeia. A preservação da paisagem autêntica, repovoando plantas e árvores autóctones, garantiu a sua evolução como uma extensão natural do ecossistema já florescente.

A construção do campo de golfe do Ombria Resort foi apoiada e certificada por uma das mais reputadas entidades de certificação ecológicas no mundo: a GEO Foundation, uma referência internacional que reforça a importância de um campo de golfe responsável, exigindo os mais altos padrões de sustentabilidade em seis áreas principais: natureza, água, energia, cadeia de fornecimento, controlo de poluição e comunidade.

A certificação do campo de golfe do Ombria Resort evidencia e elucida as razões pelas quais o desenvolvimento do campo golfe, da construção ao design, beneficiou as comunidades locais e o meio ambiente.

De acordo com Sam Thomas, diretor de desenvolvimento de golfe da GEO Foundation, “ A equipa do projeto no Ombria Resort conseguiu criar um campo de golfe em completa harmonia com as espécies nativas e a paisagem da região. Ao mesmo tempo destaca também o quão enraizado está o resort na autêntica herança e cultura Algarvia”

 

Quando o Resort estiver em funcionamento, a partir de 2022, a necessidade de mão de obra estabilizará nos 300 postos de trabalho, dos quais 15% serão profissionais com nível de educação superior.

 

Para lá destas medidas que outras têm vindo a implementar para a promoção da sustentabilidade? Por exemplo, ao nível interno, com os vossos colaboradores e fornecedores?

Nos nossos escritórios em Loulé, eliminámos a utilização de plásticos usando, por exemplo, garrafas de água de vidro. Também nos esforçamos por utilizar sobretudo fornecedores locais.

 

A sustentabilidade pressupõe também um maior envolvimento com a comunidade local. Que iniciativas promovem junto da comunidade em que estão inseridos e de que forma a própria região é enquadrada na vossa oferta?

O Ombria Resort pretende ser um destino premium ligado à região sendo uma extensão da comunidade local em que se insere. Visitantes e proprietários são incentivados a explorar as áreas circundantes, a cultura local, locais históricos, património e a gastronomia local de uma forma ambientalmente responsável. Queremos ser um fator de desenvolvimento sustentável, de contribuição para a redução da sazonalidade no Algarve e de novas oportunidades para a população local.

De acordo com o estudo de ‘Impacto Económico e Social do Empreendimento Ombria Resort no Concelho de Loulé’ elaborado pela Universidade do Algarve em 2019, o Ombria Resort vai gerar um encaixe fiscal de 22,2 milhões de euros para a administração local.

Quando o Resort estiver em funcionamento, a partir de 2022, a necessidade de mão de obra estabilizará nos 300 postos de trabalho, dos quais 15% serão profissionais com nível de educação superior.

Este estudo aponta ainda para a dinamização da economia local e o crescimento do emprego indireto, pelo impacto positivo que o Ombria Resort deverá ter em restaurantes, bares, mercearias e empresas de atividades turísticas.


Julio Delgado,
CEO Ombria Resort

In 2015, Julio Delgado joined Ombria Resort in Algarve, Portugal, a new generation of low-density resort development with sustainability and support of local heritage at its heart. He brought a wealth of experience managing some of Southern Europe’s leading mixed-used developments, the most recent of which was as CEO of the 5-star resort PGA Catalunya, in Spain.

As a 20 years experience´s senior hospitality and real estate executive, Julio has been engaged in developing and executing revenue and unit growth strategies, and improving operating efficiency.

Specialties: Development of clear strategies to drive company growth – New hotel and real estate development – Hotel performance management – Hotel and Resorts openings – New brand development – Change management and integration projects.

Julio has also been also involved in many hotels and resorts developments and projects all over the world, as an external consultant for Horwath Consulting.

234 visualizações
Scroll Up