Etiqueta:

participantes

Os Trilhos dos Abutres estão de regresso ao concelho de Miranda do Corvo entre 28 e 30 de janeiro. Aquela que é considerada a mais mediática prova nacional de Trail, disputa-se em plena Serra da Lousã e vai juntar cerca de 1.400 atletas nacionais e internacionais. 

A 11ª edição desta prova, que proporciona a todos os inscritos a experiência de correr num dos mais belos e espetaculares percursos nacionais – passando por Gondramaz, umas das mais caraterísticas Aldeias do Xisto –, promete três dias de animação em Miranda do Corvo, o centro de operações do evento, que arranca 6ª feira, dia 28, com a exposição ExpoTrail.

Para além da presença de alguns dos melhores atletas nacionais, estão inscritos nos Trilhos dos Abutres 136 atletas de 22 nacionalidades diferentes.

Nos masculinos, destaque para André Rodrigues, vencedor da prova já por três ocasiões (na última edição, em 2020, e em 2018 e 2017). O atleta catalão Jordi Gamito, com um palmarés que inclui um 3º lugar no mítico UTMB – Ultra Trail du Mont Blanc, é outro dos favoritos à vitória final, tal como o seu compatriota Agustin Lujan Maldonado. Nota ainda para Luís Duarte (vencedor do Campeonato Nacional de Trail Ultra Endurance em 2018), Nuno Silva (primeiro atleta a bisar em vitórias no Ultra Trail dos Abutres, em 2013 e 2014), Tiago Aires (campeão nacional de Trail Running 2016 e campeão nacional de Ultra Skyrunning 2017) e Mário Elson (vencedor da Taça de Portugal de Ultra Trail 2017).

No plano feminino, Inês Jordão, atual campeã nacional de Trail Ultra, é um dos nomes fortes da prova, a que se junta Gemma Arenas Alcazar, atleta espanhola duas vezes vice-campeã do mundo de Skyrunning e campeã do mundo, por seleções, em 2018

Destaque ainda para a estreia de Ercília Machado nos Trilhos dos Abutres. Com 26 títulos nacionais de pista, estrada e corta-mato, Ercília Machado fará também a sua estreia na distância de Ultra Trail (50 quilómetros).

Tiago Araújo, presidente da Associação Abutrica, organizadora da prova, afirma: “Estamos fortemente convictos que será uma prova de grande competitividade, com a presença de atletas de elite de grande qualidade, a que se juntam todos aqueles que procuram superar os seus limites em contato próximo com a natureza.”

Trata-se de um evento referência nacional, mas já com alcance internacional, que trará um grande impacto económico para Miranda do Corvo e para os concelhos limítrofes. Apesar das fortes condicionantes que ainda vivemos, e depois da não realização da prova em 2021, foi possível avançar com a edição deste ano, sempre em estreita colaboração com a Câmara Municipal de Miranda do Corvo e com as autoridades de saúde competentes, de forma a garantir a máxima segurança a todos.”, refere Tiago Araújo.

Aposta na minimização da pegada ecológica e defesa da natureza

As preocupações ambientais têm feito parte do ADN desta prova desde o primeiro ano, tendo a Associação Abutrica reforçado a sua aposta numa pegada ecológica mínima para esta edição. O cartaz principal do evento foi integralmente produzido com materiais orgânicos, tendo sido desenhado e pintado a partir de uma mistura composta por terra e água, a qual forma a lama. Também os troféus dos Abutres 2022 foram produzidos e barro, de forma manual.

Adicionalmente, foi ainda lançada uma “eco” inscrição, que possibilitou aos interessados adquirir apenas o dorsal e o acesso aos reabastecimentos previstos na prova, eliminando os produtos de merchandising ou equipamentos não essenciais, e permitindo uma presença mais consciente e a um preço mais reduzido. Esta “eco” inscrição esgotou em poucos minutos. 

A 11ª edição dos Trilhos dos Abutres conta com a organização da Associação Abutrica, e com o apoio da Câmara Municipal de Miranda, do Turismo Centro de Portugal, das Aldeias do Xisto e da Dueceira (Associação de Desenvolvimento do Ceira e Dueça). subscrever newsletter

88 visualizações