Etiqueta:

re.store

A marca re.store® assume-se como marca amiga do planeta e das pessoas, com base nos pressupostos da Economia Circular – RE.ciclar, RE.utilizar, RE.duzir – e responsabilidade social. Nesta entrevista com Sílvia Correia, a fundadora da marca, ficamos a saber mais sobre este projeto.

Como surgiu a ideia da re.store?

A marca re.store® nasceu em Braga numa conferência sobre Economia Circular em maio/2018, começou a ser construída em janeiro de 2019 e foi lançada em outubro de 2019 com o propósito de ser a marca amiga das Pessoas e do Planeta! Não pretende mudar o mundo, mas sim muitos pequenos mundos, funcionando como efeito multiplicador na consciencialização coletiva das pessoas para com a necessidade de mudança para hábitos de consumo responsáveis.

Inicialmente nasceu como um projeto de responsabilidade social corporativa da empresa Creative Zone (consultoria de marketing e comunicação). Sílvia Correia ‘escutou’ o conselho de Winston Churchill “nunca desperdiçar uma boa crise” e lançou a marca em plena pandemia. A aceitação do mercado, os parceiros certos e a predisposição dos consumidores para com um consumo mais eco e socialmente responsável foram os motores de arranque da marca 

A re.store assume-se assim como a marca amiga das Pessoas e do Planeta!

Em que medida a re.store contribui para a sustentabilidade?

A re.store assenta a sua ação em 3 pilares fundamentais, os seus 3Ps: Pessoas, Planeta e Pedagogia!

São estes que norteiam as suas ações e o ADN da sua estratégia face à sustentabilidade que, para a marca, é a ambiental e a social. Acreditamos que é através de uma pedagogia para a mudança junto das escolas e das organizações que conseguiremos mudar muitos pequenos mundos, os quais, por sua vez, terão um efeito multiplicador junto da comunidade.

Ao comprar os produtos de tecido re.store® as pessoas estão a contribuir para a sustentabilidade do planeta porque:

  • O tecido dos produtos é reutilizado a partir dos desperdícios e/ou sobras dos processos de produção de empresas de têxteis-lar portuguesas.
  • A etiqueta da marca é feita com fios de poliéster reciclados.
  • A mensagem da marca é impressa com tinta ecológica.
  • As alças do saco são feitas com algodão 100% orgânico.
  • A etiqueta do conceito é feita a partir de desperdícios de algodão e sementes de plantas, sendo plantável.

Desde o seu lançamento, a re.store já conseguiu reutilizar 3,3 toneladas de tecido, desenvolvendo produtos funcionais com propósito.

E ainda estarão a contribuir para a sustentabilidade social de várias instituições/associações sociais e projetos sociais, porque os produtos re.store® são integralmente confecionados pelos seus utentes, valorizando e remunerando deste modo o seu trabalho e a sua autoestima, promovendo a sua inclusão social. Porque “Diversidade é convidar para a festa; Inclusão é chamar pra dançar.” E nós gostamos de dançar. Até esta data (valor sempre em atualização) já remunerámos os nossos parceiros em €33.094,30.

 

Que tipo de produtos se podem encontrar na vossa loja?

Na loja re.store encontram-se produtos funcionais, mas com 3 propósitos: ambiental, social e também pedagógico. Em termos de re.store têxtil podem ser adquiridos os seguintes produtos: sacos de compras, mochilas, bolsas de felpo/necessaire, sacos de praia, discos de limpeza facial, bolsas multiuso, bolsas para óculos/telemóveis, bolsas para iPads/tablets, aventais, decorações de natal, bolsas em linho. No que se refere à re.store papel, os produtos disponíveis resultam de um processo de reutilização do papel usado na sublimação têxtil e o portfolio atualmente disponível inclui: folhas de embrulho, postais, envelopes de oferta e envelopes.

Qual o processo de fabrico e os materiais utilizados nos vossos produtos?

Os materiais utilizados no nosso processo de fabrico dependem daqueles que estiverem disponíveis nas fábricas, podendo ser artigos em algodão ou com misturas, em linho ou com algum poliéster (porque também esta fibra pode e deve ser reutilizada); podem ser tecidos de lençóis, de mantas, cobertas, jogos sacos, toalhas de mesa, toalhas de felpo, … podem ser lisos, estampados, bordados ou fios tintos… tudo depende do que estiver em produção e disponível nas fábricas parceiras da re.store no momento da compra destes materiais. Tendo por base a existência dos materiais, estes são complementados com os componentes (etiquetas e alças) e entregues aos parceiros sociais para serem confecionados de acordo com ficha técnica previamente aprovada. Após a confeção, os artigos seguem para a loja online ou para os clientes empresariais, de acordo com os pedidos que nos sejam colocados.

 

Têm 30 parceiros de sustentabilidade, em que medida e que isto é importante para o vosso negócio?

O facto de termos uma bolsa de parceiros sociais validados por nós no que toca às suas competências para confecionarem os nossos produtos é muito importante para podermos garantir a escalabilidade do projeto, assim como o seu impacto em várias regiões do país e em várias tipologias dos parceiros sociais porque estes podem ser instituições, associações ou causas sociais.

Quais os próximos passos para este projeto?

Os próximos passos passam sempre por encontrar formas de criar mais impacto positivo nas Pessoas e no Planeta, e um dos passos dados nesse sentido são as parcerias que temos conseguido estabelecer.

Uma delas é com a Sic. Esperança através do Saco Solidário Sic.Esperança by re.store em que uma parte da sua venda também reverte para a Sic.Esperança para que possam ajudar ainda mais projetos sociais.

A outra parceria também já estabelecida e lançada dia 7/dez, é com o SLBenfica, marca nacional incontornável no que toca à capacidade de criar impacto positivo junto da sua comunidade nacional e internacional.

Em termos de prioridades estratégicas para 2022 pretendemos: atingir a métrica dos €50.000,00 pagos aos parceiros sociais como remuneração pelo seu trabalho de confeção, iniciar o processo de internacionalizar para 2 mercados, aumentar as parcerias e continuar a trabalhar o mercado empresarial para que consigamos mudar mais pequenos mundos.

 

Para quem pretenda adquirir os vossos produtos, onde pode fazê-lo?

Podem adquirir os nossos produtos online em www.restore.com.pt e nos nossos parceiros que os disponibilizam nas seguintes lojas:

Porto: Fernandes, Mattos & Cia (Armazém das Carmelitas) na Rua das Carmelitas 108-114 – 4050-284 Porto

Leça da Palmeira: Óptica do Centro na Av. Dr. Fernando Aroso n.º 921 G – 4450-666 Leça da Palmeira

Guimarães: Óptica do Centro no Largo do Toural n.º 93/95 – 4810-445 Guimarães

Praia de Mira: Gândara Souvenir Shop na Av. Arrais Batista Cera 7A, 3070-791 Praia de Mira

Sílvia Correia

Nascida em Braga, economista de formação, marketer de vocação e empreendedora social de paixão. Fundadora e CEO de 2 empresas – a Creative Zone e a Essential Together – é também responsável por dois projetos de voluntariado e uma ‘nuvem’ orgulhosa na pediatria do Hospital de Braga. Apaixonada pelo seu trabalho, considera-se privilegiada porque adora o que faz e acredita que a chave para fazer a diferença é permitir que as pessoas se tornem agentes de mudança positiva e criativa.
Acima de tudo são as Pessoas que a movem, sempre a sua prioridade. O Ambiente e a sustentabilidade do Planeta apenas fazem sentido se trabalharmos em função do bem-estar das Pessoas, envolvendo-as na solução, fazendo-as acreditar que o esforço conjunto resultará sempre em recompensas mútuas… e recompensadoras, sempre!

subscrever newsletter

76 visualizações