Etiqueta:

sustentablidade

A Decathlon aposta no ecodesign como forma de ter uma oferta cada vez mais sustentável. No entanto, por serem uma grande multinacional, também quisemos saber um pouco mais, em questões relacionadas com os fornecedores, transporte e fim de vida dos produtos.

 

Ecodesign - mural sustentabilidade Decathlon

 

Como é que uma marca com a dimensão da Decathlon incorpora a sustentabilidade? 

A Decathlon tem no seu sentido: “Ser útil para as pessoas e para o planeta”, e na sua missão: “ Tornar o prazer e os benefícios do desporto acessíveis ao maior número de pessoas em Portugal, de forma sustentável”.

Pretendemos contribuir para um mundo melhor, mais saudável, mais ativo.

Para tal, tomamos medidas para fazer avançar os objetivos de Desenvolvimento Sustentável, nos quais somos capazes de atuar, e nessa linha de atuação,  lançámos um novo plano de transição com estratégias  de desenvolvimento sustentável ainda mais fortes entre 2020-2026. Neste, incorporamos os nossos valores:

  • Vitalidade;
  • Responsabilidade;
  • Generosidade;
  • Autenticidade

E congregamos a nossa estratégia em 3 pilares fundamentais:

  1. Desenvolver as pessoas;
  2. Preservar a natureza
  3. Criar valor sustentável. 

Estamos empenhados em colaborar com a comunidade para participar na ação climática e contribuir para um planeta mais verde.  Para tal, somos uma das cinco empresas iniciais que subscreveram o Compromisso para Consumo Ecológico da Comissão Europeia, integrado no Pacto Europeu para o Clima.

 

O que é o Ecodesign para a Decathlon? 

Quando somos responsáveis pelo design dos nossos produtos, podemos e temos a responsabilidade de redesenhá-los para terem menor impacto no meio ambiente.

Integramos a abordagem de ecodesign na nossa estratégia, que consiste considerar o meio ambiente nas primeiras fases do design e durante todo o ciclo de vida do produto. Trata-se de pensar como será possível reduzir o impacto do produto no meio ambiente ao longo de todo o seu ciclo de vida .

Um produto pensado (ou redesenhado) com uma abordagem de ecodesign continua a ser um produto que cumpre a mesma função de um produto concebido de forma clássica, tendo ao mesmo tempo uma vantagem ambiental: uma T-Shirt de corrida eco desenhada permanece acima de tudo uma boa t-shirt de corrida! 

A nossa abordagem de ecodesign é específica. As nossas equipas de design estabeleceram uma estrutura exigente para definir essa abordagem. Os produtos em causa devem cumprir um destes dois critérios:

  • O seu impacto ambiental deve diminuir em pelo menos 10% em relação ao modelo anterior, em pelo menos dois dos seguintes indicadores : alterações climáticas, poluição atmosférica, poluição da água e esgotamento de recursos;

ou 

  • Deverão justificar certas ações de design muito específicas: pelo menos 70% do peso do produto em poliéster reciclado, tecido com pelo menos 90% de algodão de agricultura orgânica, usar corantes que consomem menos água etc.

 

 

Temos objetivos claros para 2021: ter 100% da nossa oferta redesenhada para garantir que, até 2026, 100% dos nossos produtos disponíveis nas lojas físicas e online sejam ecodesenhados

 

 

Qual a importância das matérias-primas nestes produtos? Como é o processo de produção?

Relativamente às matérias-primas, temos muitos desafios. Por exemplo, na escolha de materiais alternativos, temos que ter a certeza de que um material que substitui outro é menos impactante, menos poluente. Para isso, contamos com estudos e testes externos, nos quais temos de garantir a credibilidade e independência dos resultados. 

Os produtos têm de responder a muitos requisitos técnicos e de qualidade. As alternativas nem sempre são tecnologias que já atingiram a maturidade no mercado. Por exemplo, usamos algodão orgânico para alguns dos nossos produtos, no entanto a disponibilidade de algodão orgânico no mercado é menos substancial do que o algodão cultivado convencionalmente

Sobre o processo de produção da Decathlon, trabalhamos em conjunto com os nossos fornecedores e partilhamos o mesmo desejo: oferecer produtos com a melhor relação valores/preço.

Um objetivo que deve ser alcançado em boas condições, onde todos se beneficiem de um ambiente de trabalho ideal. Para tal, os nossos parceiros têm o compromisso de garantir aos seus colaboradores um ambiente de trabalho de qualidade, baseado no respeito, no desenvolvimento das equipas e na preservação do meio ambiente.

 

Têm mais de 400 produtos ecodesenhados na vossa oferta. Qual o produto com maior procura?

Os nossos polares de caminhada são produtos ícones, no campo dos ecodesenhados. Redesenhados em 2013, para serem produzidos a partir de garrafas de plástico recicladas, abriram portas para muitos outros produtos das nossas outras marcas exclusivas que hoje incorporam este material.

Também para os praticantes de yoga, podem encontrar várias possibilidades tanto no vestuário, com a integração do algodão biológico e até mesmo no material por exemplo nos blocos de Yoga, com cortiça natural oriunda de Portugal. 

A oferta está em constante evolução, já são mais de 500 no início deste ano, através da inovação e desenvolvimento das nossas equipas, e poderão  ser encontrados produtos na maioria das desportos com as respetivas marcas: Nabaiji com a nataçãoEquitação com a Fouganza, Vela com a Tribord entre outros.
Todas os produtos estão identificados e disponíveis tanto nas nossas lojas como no nosso site decathlon.pt

 

ecodesign - Polar Decathlon

 

Qual a vossa visão e objetivos para os produtos ecodesenhados? 

Para praticar desporto precisamos dos produtos desportivos,  portanto só nos resta a opção de garantir que estes têm o menor impacto possível na natureza e são úteis para as pessoas. Conceber produtos com qualidade e duráveis é o primeiro princípio para a sustentabilidade.

Estamos cientes dos desafios climáticos e do esgotamento de recursos naturais, para tal temos as nossas equipas das marcas-paixão implicadas e mobilizadas para a ação.

Temos objetivos claros para 2021: ter 100% da nossa oferta redesenhada para garantir que até 2026, 100% dos nossos produtos disponíveis nas lojas físicas e online sejam ecodesenhados.

 

Os produtos ecodesenhados têm uma estratégia de preço diferente?

Não. A Decathlon esforça-se para proporcionar qualidade a preços sempre mais baixos em todos os produtos.

Somos criadores, produtores e distribuidores de produtos desportivos concebidos a partir de componentes exclusivos. Otimizamos continuamente a nossa organização para reduzir os custos ( transporte, logística, publicidade) e assim baixar os preços sem nunca comprometer a qualidade.

O nosso modelo de negócio está focado em oferecer produtos desportivos técnicos com preço justo, com o objectivo de ser acessível ao maior número de pessoas possível.

 

Têm uma etiquetagem ambiental, como uma classificação de A a E nestes produtos. No que consiste esta classificação? 

O objetivo da etiquetagem ambiental é que cada cliente possa fazer suas próprias escolhas de forma consciente, considerando todo o ciclo de vida do produto:

  • Escolha da matéria-prima;
  • Fabricação;
  • Transporte;
  • Fim de vida…

Corresponde ao desempenho ambiental de um produto, que é simbolizado por uma classificação A, B, C, D, E (A sendo a melhor classificação).

Ajuda a comparar produtos do mesmo tipo entre si (t-shirt, calças, mochilas, etc.). Por esta razão, os impactos ambientais são calculados usando 5 critérios:

  • Aquecimento global;
  • Esgotamento de recursos;
  • Poluição do mar;
  • Poluição da água doce;
  • Poluição do ar;

Esses impactos são avaliados ao longo de todo o ciclo de vida e cada fase tem impactos. Cada produto posteriormente recebe um valor para os diferentes indicadores e, em seguida, uma avaliação geral será exibida na internet e na loja.
Este sistema de classificação, já é encontrado comumente nos eletrodomésticos, e está agora a ser implantado nas nossas gamas.

É um trabalho em constante desenvolvimento, que iniciámos em 2014 com a integração de cálculos ambientais diretamente nas nossas ferramentas para promover a abordagem de ecodesign. Mais tarde em 2017, participámos na criação da base de dados ambiental têxtil com a agência de transição ecológica ( ADEME ), para torná-la acessível a todos, e tornar-se referência para o setor.

Desde 2019, disponibilizamos a etiquetagem ambiental em mais de 3.500 produtos DECATHLON.

O sistema construído com a ADEME foi validado pelo governo francês que decidiu incluí-lo na lei anti-resíduos para uma economia circular, promulgada no início de 2020.

Isto quer dizer que este desenvolvimento da Decathlon será  replicado e tornar-se-á uma obrigação para as empresas têxteis nos próximos tempos, em prol de uma maior transparência e clareza sobre os impactos dos produtos no meio ambiente.

 

A distribuição é um dos grandes desafios ambientais. Sendo uma multinacional, como gerem isto? 

Como desportistas, o planeta é o nosso terreno de jogo, e temos noção que a produção, o transporte, o uso e a distribuição dos nossos produtos têm impacto no meio ambiente. Temos a responsabilidade de agir rapidamente.

Para tal, em 2019, assumimos um compromisso em dois pontos fundamentais:

  • Reduzir as nossas emissões de CO2 em 75% no nosso consumo de energia e ar condicionado. 
  • Apoiar os nossos fornecedores e parceiros na definição dos seus próprios objetivos de redução de impacto.

Para validar a relevância desses compromissos, trabalhámos com um grupo de especialistas externos e cientificamente reconhecidos: Science Based Target .

Esta iniciativa validou as nossas trajetórias de redução das emissões de CO2, em linha com as ambições do Acordo de Paris. Estes compromissos são acompanhados por um objetivo global para todas as nossas atividades: reduzir as emissões de CO2 em 40% por produto vendido entre 2016 e 2026.

Entendemos que ainda há muito a ser feito para reduzir nosso impacto ambiental e estamos determinados a seguir em frente rumo a mudanças sustentáveis. 

 

Fim de vida produtos

 

Como gerem o fim de vida dos produtos? Têm alguma estratégia para a reciclagem? 

A economia circular é uma das nossas prioridades e temos vários projetos para prolongar o tempo de vida ou dar novas vidas aos nossos produtos. Destacamos:

– O  Trocathlon, que já realizamos há vários anos em Portugal, e em 2020 permitiu a cerca de 1000 clientes poderem vender os seus produtos desportivo usados  to . 

– A Segunda Vida, para os artigos devolvidos, danificados ou de exposição, que reparamos e colocamos à venda com preço de oportunidade e de forma permanente nas zonas dedicadas e sinalizadas em qualquer loja.  Desde Setembro foram recuperados mais de 1500 artigos que, apesar de não estarem novos, continuam em condições de serem utilizados. 

– O Serviço de Aluguer, onde o cliente pode experimentar, para já, 10 desportos sem que tenha de comprar o material, permitindo descobrir novas práticas desportivas. No último semestre mais de 1300 clientes usufruíram deste serviço.

– O Serviço pós-venda da Decathlon, que para além de aconselhar e acompanhar, repara artigos adquiridos pelos clientes. Em 2020 foram reparados mais de 9000 produtos.

Várias outras estratégias foram lançadas pelas nossas equipas e também são partilhadas com os parceiros que escolhemos para estar ao nosso lado. Por exemplo, desde Julho 2019, lançámos o Hang Up, projeto de reciclagem e reutilização de cabides que permitiu-nos evitar a destruição de 61 toneladas de plástico até Dezembro de 2020.

Neste mesmo mês, associamo-nos à Too Good to Go no sentido de combater o desperdício alimentar. Ainda no final de 2020 integramos o projeto NextLap da Beta-I, com expectativa de em conjunto com diferentes startups, encontrar as melhores soluções de inovação para a reciclagem de pneus. 

Ainda antes do fim de vida dos produtos, as nossas equipas em conjunto com as comunidades onde estão inseridas também têm tentado colaborar em iniciativas de upcycling, assim como em ações de doação de artigos a entidades e organizações que promovam a inclusão social através do desporto. 

A última solução para os produtos é a destruição, que só acontece quando, nenhuma das ações partilhadas,  podem ser colocadas em prática.

Cada uma destas iniciativas foi liderada pelas nossas equipas e estamos totalmente confiantes no seu intraempreendedorismo para seguirmos o caminho da sustentabilidade. 

Ainda há muito por fazer, mas estamos empenhados em garantir que o desporto pode contribuir para um mundo melhor.

 

Um desafio da sustentabilidade é o conhecimento dos consumidores. Como comunicam os produtos ecodesenhados? 

Para a Decathlon, a comunicação associada à sustentabilidade, onde se inclui a comunicação sobre os produtos ecodesenhados, deve colocar a informação no objecto da sua estratégia. 

Os objetivos são:  

  • Responder e dialogar, de forma sincera e transparente sobre os nossos impactos, para esclarecer as dúvidas dos nossos clientes e utilizadores; 
  • Democratizar novas formas de consumo e ajudar nossos clientes a fazer escolhas de consumo em consciência e entendendo o impacto de suas escolhas (em segunda mão, ecodesign …);
  • Consciencializar pedagogicamente  as nossas equipas, clientes e comunidades a adoptar estratégias sustentáveis no seu dia-a-dia de prática desportiva (plogging, ecomobilidade…).

Comunicamos, com o produto como herói em destaque, com a sua ficha técnica, no site e na loja, nas redes sociais, no emailing, na app, em todos os nossos meios. Assumimos um tom informal, do desportista, mas sincero. Os compromissos e resultados das nossas ações podem ser encontrados e comprovados nos relatórios de sustentabilidade.

110 visualizações
Scroll Up