Etiqueta:

Vencedores

line no background news

Miguel Arsénio e Inês Marques venceram o Campeonato Nacional de Trail Ultra, que se  realizou este fim-de-semana nos Trilhos do Paleozoico no concelho de Valongo. A  competição de corrida a pé na natureza foi disputada por cerca de duas centenas de atletas, que superaram um percurso com 49 quilómetros e cerca de 2.400 metros de  desnível positivo pelo Parque das Serras do Porto. 

Miguel Arsénio foi o primeiro a cruzar a meta situada no centro de Valongo, ao cabo de 4 horas 16 minutos e 35 segundos, conquistando o título nacional da distância Trail Ultra  (entre os 42 e os 100 quilómetros). O atleta da equipa EDV – Viana Trail assumiu a liderança  da competição cerca dos 10 quilómetros e na segunda metade da prova conseguiu  conquistar uma vantagem face aos perseguidores que lhe permitiu gerir a última subida e  terminar isolado. A última subida demonstrou-se crucial para a definição do pódio, com  António Almeida, do Clube Desportivo de Espite, e destacar-se de Roberto Baião, do OCS Arrábida Trail Team. António Almeida chegou à meta com o tempo final de 4h22m56s,  conquistando o título de vice-campeão, e cruzou a meta 3 minutos depois.  

Dário Moitoso, do CIAIA – Clube Independente de Atletismo Ilha Azul, que detinha o título  da distância, terminou em 4º lugar, a 11m28s do vencedor, e Bruno Silva, da Furfor  Running Projet, foi 5º a 15m58S.  

Na competição feminina, Inês Marques dominou a prova desde o início, assumindo logo  uma liderança destacada que foi crescendo na segunda metade da prova. A atleta do  OCS Arrábida Trail Team concluiu a competição com o tempo final de 5h04m11s,  conquistando o título nacional de campeã nacional de Trail Ultra. A última subida da  prova foi também determinante na definição do pódio feminino, com Marisa Vieira, a  ser mais forte e a conquistar o 2º lugar, a 12m53s da vencedora. A atleta da Furfor  Running Project superou a sua companheira de equipa Cristina Arreiol por 3m33s.

subscrever newsletter

24 visualizações

André Rodrigues venceu a prova mais longa da 11ª edição dos Trail dos Abutres, disputada este sábado, em Miranda do Corvo. O atleta português correu a distância de 50 quilómetros, nos trilhos muito técnicos da Serra da Lousã, com cerca de 2.500 metros de desnível positivo, com o tempo recorde neste percurso de 4h35m32s.

Naquela que é a prova rainha do evento Trilhos dos Abutres, André Rodrigues terminou a corrida com cerca de 9m55s de vantagem sobre Miguel Arsénio, com quem discutiu a liderança durante a primeira metade da prova. O espanhol Mário Olmedo completou o pódio a 17m29s do vencedor.

O “Ultra Trilhos dos Abutres” (50km) contou na edição de 2022 com a presença de cerca de 650 atletas de elite nacionais e internacionais.

Na classificação feminina, a grande vencedora foi atleta espanhola Gemma Arenas, confirmando o seu favoritismo com um tempo final de 5h49m46s. No entanto, a grande revelação da prova foi Ercília Machado, atleta com provas dadas nas vertentes de estrada e pista e que se estreou entre a elite do trail nacional alcançando o segundo lugar e afirmando-se com a melhor portuguesa na prova com o tempo de 6h14m43s. A experiente Lucinda Sousa completou o pódio, ficando a 28m21s da vencedora.

Domingo, 30 de janeiro, realizam-se o “Trail Trilhos dos Abutres”, corrida intermédia do evento com a distância 30 quilómetros e 1.500 metros de desnível acumulado positivo, e os “Mini Trilhos dos Abutres”, com a distância aproximada de 21 quilómetros e 835 metros de desnível acumulado positivo.

No total, e ao longo de sábado e domingo, aquela que é considerada a mais mediática prova nacional de Trail em Portugal, vai juntar em Miranda do Corvo cerca de 1.400 atletas nacionais e internacionais oriundos de 23 nacionalidades.

Todas as provas são pontuáveis para os circuitos nacionais da Associação de Trail Running de Portugal (ATRP).

Classificações provisórias completas em https://resultados.stopandgo.pro/641/Live

subscrever newsletter

40 visualizações