MESH – As Jóias que Completam a Personalidade de Cada Mulher

por marketing
36 visualizações

A MESH nasceu do desejo de democratizar a ourivesaria portuguesa. Apresenta peças delicadas e intemporais, que pretendem complementar a personalidade de quem as usa. Não descurando a sustentabilidade, através de um modelo de negócio assente na economia circular .

Conversámos com os fundadores, para compreender como levam a cabo a sua missão de democratizar a ourivesaria portuguesa.

 

Quem é a MESH Jewellery? Qual a origem do seu nome?

A MESH é uma marca de jóias pensada para a mulher contemporânea. Criamos peças para o uso diário, que complementam a personalidade de cada mulher. Somos os produtores de todas as nossas jóias, o que nos permite explorar constantemente novos horizontes.

O nome da nossa marca provém de um tipo de malha/fio usado na indústria de ourivesaria. O nosso principal objetivo foi democratizar a ourivesaria portuguesa, mostrar o que ainda era desconhecido para muita gente: a genialidade dos nossos artesãos ourives e, por isso, este foi o nome perfeito. Queríamos um nome com significado, curto e que, internacionalmente, fosse pronunciado da mesma forma.

 

 

Quando lançaram a marca sentiram falta de aceitação por parte dos proprietários das ourivesarias, atitude contrária ao que se verificou junto dos clientes. Porque motivo consideram que tal sucedeu?

O meu irmão e eu, após estarmos algum tempo a trabalhar na área como fabricantes de jóias para terceiros, percebemos que tínhamos algo de novo a trazer ao mercado. Tínhamos o design, os processos de fabrico e as ideias. Foi uma questão de tempo até concretizarmos o projeto.  O crescimento da marca confirma que tomámos a decisão correta.

 

No vosso website dizem ser possível combinar desejo com sustentabilidade. De que forma essa crença se reflete no vosso negócio?

Para nós, a sustentabilidade começa com as pessoas. Só trabalhamos com artesãos locais e preservamos o bem estar de todos os nossos stakeholders.

Relativamente às matérias primas, apenas utilizamos prata de origem reciclada para as nossas criações. Além disso, todos os metais usados nos banhos (ouro e ródio) são igualmente de origem reciclada. Todos são comercializados com a garantia do Responsible Jewellery Council. Temos o mesmo cuidado no packaging, utilizando apenas cartão reciclado com garantia FSC.

Foi também com base na sustentabilidade que desenvolvemos as nossas coleções de peças personalizáveis. Produzimos made-to-order, o que elimina totalmente os desperdícios na cadeia de abastecimento.

É com sentimento de dever cumprido que desenvolvemos o nosso negócio com base numa economia circular.

 

Sentem que os vossos clientes valorizam o vosso compromisso com a sustentabilidade?

Não forçamos muito a comunicação nesse sentido, porque esse compromisso é inerente ao nosso projeto desde início. É algo orgânico, que nasceu como princípio basilar da marca MESH. Trabalhamos num processo de melhoria contínua com o objetivo de fazermos mais e melhor.

Os resultados inevitavelmente aparecem.

 

Qual a principal inspiração das vossas peças?

Temos como objetivo criar peças com significado, delicadas e intemporais.

Inspiramo-nos essencialmente em linhas geométricas, no estilo boho e étnico e sobretudo na natureza.

 

De que forma conseguem garantir a individualidade de cada mulher através das vossas jóias?

Acreditamos no valor intemporal das jóias e no que elas transmitem.

O facto de termos a nossa oficina e produzirmos todas as nossas peças permite-nos com rapidez e agilidade atender aos pedidos e aos sonhos dos nossos Clientes. Era algo que já fazíamos muito nas nossas lojas físicas. Com a pandemia, quisemos passar essa experiência para o digital e lançamos duas coleções.

No MY OWN MESH, deixamos à imaginação de cada um a construção da sua peça, disponibilizando pedras, pérolas, berloques, fios variados, que conjugam a seu gosto.

No mês passado lançamos a coleção ENGRAVE ME, criando assim mais uma proposta de personalização de colares, brincos, pulseiras.

Qual a vossa peça best seller?

Todas as jóias com elementos da Natureza, como por exemplo flores, são sempre best-seller.

 

A MESH tem loja online e já conta com duas lojas físicas no Porto. Pretendem abrir novos espaços pelo país?

A situação pandémica que temos estado a viver suspendeu os nossos projetos nesta área.

De referir que contamos igualmente com 15 pontos de venda, 3 dos quais fora do País.

Nesta fase, continuamos a apostar no digital para criar novos canais de venda e distribuição.

 

 Tiago Barbosa & João Barbosa

Tiago e João Barbosa pertencem à 3ª geração de uma família que se dedica há mais de 60 anos ao fabrico de jóias. Após se dedicarem à expansão do negócio além fronteiras, fabricando para marcas e cadeias de lojas em 4 continentes, partiram para a criação da sua própria marca – Mesh.

Artigos Relacionados

Scroll Up