Etiqueta:

campanha de sensibilização

O GEOTA – Grupo de Estudos de Ordenamento do  Território e Ambiente, lança a 32ª Campanha, para o ano 2021/2022, com a temática  “Emergência Oceano”, adaptada a todas as idades. Tem como objetivo promover a  educação ambiental para a sustentabilidade, a cidadania participativa e o voluntariado  ambiental. As inscrições já estão abertas. 

A 32ª campanha Coastwatch “Emergência Oceano” é dirigida a todos os cidadãos e  pretende alertar e sensibilizar para os problemas que os oceanos enfrentam,  nomeadamente o aquecimento das águas, a acidificação, a sobre-exploração de  recursos, a aquacultura não sustentável e a poluição por contaminação, de resíduos e  sonora. Também a contaminação genética e das espécies invasoras, que conduz à  destruição de habitats, a perda de biodiversidade e de recursos marinhos, são alguns  dos temas destacados pela nova campanha. 

O projeto Coastwatch apela à realização de percursos pedestres nas zonas  costeiras portuguesas, fora da época balnear, com observação e registo de importantes  informações ambientais, como animais, algas, plantas e qualidade das entradas líquidas  de água doce e sempre que possível a recolha de lixo marinho. 

As saídas de campo Coastwatch podem ser realizadas de forma individual ou em grupo, como famílias, vizinhos, amigos, empresas, comunidades educativas ou associações.  As zonas costeiras são escolhidas pelos participantes e monitorizadas com o material  pedagógico Coastwatch adaptado a diferentes escalões etários. 

Só com cidadãos pró-ativos e com conhecimento é possível intervir junto de quem gere as nossas zonas costeiras para que sejam tomadas decisões esclarecidas e que visem  a sua proteção. O Coastwatch Portugal é uma das formas como a sociedade civil pode  contribuir eficazmente para intervir na proteção das zonas costeiras”, completa Carla  Pacheco.

Em Portugal, a coordenação do Coastwatch Portugal é realizada há 32 anos pela  associação ambientalista GEOTA com o apoio voluntário de escolas, associações,  escuteiros, ONG’s, municípios, organismos do Estado, entre outras entidades, algumas  das quais são coordenadores regionais do Projeto Coastwatch e cidadãos de todo o  país. 

Informações e inscrições 

subscrever newsletter

10 visualizações

A Tetra Pak e a Compal voltam a unir esforços numa campanha  publicitária que promove a colocação das embalagens da Tetra Pak, no ecoponto amarelo para que possam ser recicladas. Para tal, foi colocada uma empena com quase 1000m2, onde é possível visualizar  uma embalagem da Compal e as mensagens Embalagens vazias da Tetra Pak vão para o ecoponto  amarelo, bem como, Recicle. A natureza agradece. com uma embalagem gigante da Compal na Avenida  da República, que poderá ver até janeiro e, pretende surpreender os cidadãos que percorrerem a tão conhecida avenida lisboeta. 

Esta iniciativa visa sensibilizar os portugueses para a importância da reciclagem das embalagens. Em  Portugal as taxas de reciclagem são ainda muito baixas e necessitamos da participação de todos os  portugueses para inverter esta situação. A Tetra Pak, tem vindo a chamar à atenção para esta problemática e vê através desta campanha uma oportunidade de reforçar a sua mensagem, e missão, junto dos  portugueses. 

Ingrid Falcão, responsável pela área de sustentabilidade da Tetra Pak Ibéria, afirma: “A nossa relação  com a Compal, e a missão conjunta da diminuição da pegada ecológica, faz com que continuemos a  apostar neste tipo de iniciativas. Acreditamos que esta campanha será vista por milhares de pessoas e  esperamos que as faça refletir sobre um ato tão simples, mas importante, como é a colocação das embalagens da Tetra Pak e, neste caso, da Compal, no ecoponto amarelo. Todas as embalagens contam  para um planeta mais sustentável e é isso que queremos transmitir aos portugueses” 

Rodrigo Costa, diretor de Marketing da Sumol+Compal para Portugal e Espanha afirma: “Na  Sumol+Compal, movidos por uma cultura de excelência, paixão e compromisso, acreditamos na  preservação da natureza como um pilar fundamental da nossa atividade, sempre tendo presente que  estamos a deixar um legado a sucessivas gerações. Neste contexto, a reciclagem das nossas embalagens é uma questão fundamental para a promoção de uma maior economia circular. Este é um ciclo que só terá sucesso com o papel fundamental de cada um dos nossos consumidores, daí a importância desta  campanha”

subscrever newsletter

63 visualizações